Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Castidade, cinto



A questão do cinto de castidade é um assunto que vem de longe. Parece, segundo documentos históricos, que os senhores da guerra quando partiam para esta, deixavam as mulheres à guarda de pajens e eunucos. Não é que não confiassem nas mulheres..., era mais protecção contra predadores sequiosos de presas "indefesas". Contudo, aqueles pajens e eunucos poderiam ter falhas de vigilância e protecção, para isso nada melhor que ser o próprio a tomar conta do assunto; invenção do cinto de castidade. Uma chave ficava com o Senhor da Dama e outra com o pajem ou eunuco, para os mínimos de higiene da Dama. Agora questiona-se: então os vigilantes não poderiam ser coniventes com o predador ou eles próprios infiéis ao Senhor? Poderiam sim mas, corriam o risco de no caso do pajem; ficar eunuco e ou ser morto, no caso do eunuco; ser morto.

Sem comentários:

Seguidores

Pesquisar neste blogue

A minha foto
Sociais embora solitários, meigos e não piegas e, agressivos quando ameaçados. É este equilibrio que me fascina nos felídeos. Zoológicamente são a minha identificação. Considero os afectos humanos muito intrinsecados com a escolha do animal preferido...

Acha o seu género mais privilegiado que o oposto?

Relativamente ao sexo, para si, qual o primeiro sentido? (as opções encontram-se por ordem alfabética)

Como prefere a pessoa do sexo oposto?

Acha que todo o ser humano é potencial homossexual?