Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

BDSM em ruínas..., de De corpo... De alma... e de colo.


Texto de cor púrpura: Felídeo

É tão triste ver tanta gente reclamando do nosso meio,
dizendo que não tem mais liturgia, ética, respeito e verdade.

O que, infelizmente, têm razão de ser as ditas reclamações pois, há uma grande ignorância da constituição dessa ética, e a grande maioria que sabe reserva-se a uma postura arrogante de não dar a conhecer ou ainda, não saber mesmo. Há uma confusão generalizada de que um BDSMer é aquele que se sente Dom ou sub quando na verdade, a maioria nem conhece os seus princípios. Logo, o respeito e verdade ficam prejudicados porque, não há sensibilidade / conhecimento teórico da filosofia.

É lamentável o que a internet e as facilidades do mundo moderno tem feito
com o nosso meio BDSM.

Reforçando uma vez mais a constituição da ética BDSM, muitas vezes o mal é de quem quer dar a conhecer uma determinada filosofia mas nem a conhece. De que vale ter um chicote, se se não souber um mínimo de anatomia!? De que vale querer ser infligido com um chicote, se se não estiver preparado para ser infligido e confundir com agressão!?

Sabe o que eu acho?? Eu acho que as pessoas, os BDSMistas,
são extremamente ciumentos. Sim!! Sentem ciumes do BDSM,
dos novatos que estão ganhando espaço, ciumes da forma como
o outro vive, ciume do que o outro fala, do que o outro faz,
de como pensa. Ou seria medo?? Ou seria vaidade??
disputa talvez??

O meio BDSM, socialmente, não é diferente de outro meio qualquer. Os ciúmes existem, muitos de fato, mas não na postura BDSM e sim num ambiente clientelista. Estou plenamente de acordo que os novatos (novos no meio) criam muitos medos nos ditos gurus porque, em geral, aqueles entram no meio como um cérebro de criança assimilador de informação e com a vantagem de não estarem fundamentalizados em BDSM. Os gurus aceitam-nos enquanto pupilos, mas assim que começam a questionar e ou a formar atitudes de personalidade própria, em geral, são rejeitados e, na melhor das hipóteses, criticados e quase nunca elucidados / questionados. Tudo isto compromete a vaidade de quem se julga detentor da razão e vê no novato um competidor.

Reclamar, muitos reclamam, com razão claro,
mas qual seria o real, o verdadeiro, o mais profundo
sentimento atrás dessas reclamações todas??

Quando o estado de alguém chega à reclamação, só vejo uma razão: Respeito, ou mais exactamente falta dele. Alguém de bom senso aceita um diálogo seja ele qual for dentro das normas da cordialidade e diplomacia. Prepotências, diálogos de surdos e améns de "Maria vai com as outras" são muito comuns de quem quer cair em graça sem se importar quer com a razão, quer com a emoção deitando a perder o que de bom pode haver num ambiente BDSM, prazer.

Para quem não souber o que quer dizer BDSM, pode consultar aqui uma breve inrodução: http://12345sentidos.blogspot.com/2010/05/bdsm-introducao.html

8 comentários:

Luna_Gabo*Bad Wolf* disse...

Seu texto é bastante elucidativo e você trata os novatos com respeito e admiração, isso é reconfortante; prova de que não tem medo da concorrência...rsrs Aliás, quem se garante mesmo nunca tem medo da concorrência, pois ideias novas só vêm a nos acrescentar como seres humanos.

Adorei seu blog! Muito bom conhecê-lo. Cheguei aqui através da Pet Dog e valeu! Aprendi muito hoje!

BJS!

Luna_Gabo BADWOLF

dog pet disse...

queridoo arrasou!! ameii, a sua opnião acrescentou e deu a cara que precisava no texto que escrevi, parabéns, concordo com o SR totalmente, e me sinto honrada pelos créditos e pelo interesse no tema, afinal estamos numa onda critica, graças a facilidade de intrusos atravez do meio virtual.

obrigadaa.

petbeijos...

Felídeo disse...

Bem-vinda Luna_Gabo*Bad Wolf* e obrigado pelo comentário.

Fico lisongeado com suas palavras e, acredite, as palavras são muito importantes entre as pessoas.

O meu lema de vida é muito simples: Respeita para seres respeitado e exige.

Você tem razão, muita da prepotência é insegurança.

Apareça sempre, bjs.

Felídeo disse...

Olá Dog Pet! Ainda bem que gostou, eu adorei a sua iniciativa e coragem. Foi um prazer ser inspirado para um tema tão delicado.

É de fato uma situação muito comum a dos intrusos, mas estou convencido que dentro do convento há muito monge herége.

Bjs

_lua_ disse...

Bem vindo ao meu cantinho, meu doce e quase secreto refúgio.

Gostei muito deste post, bem elucidativo e de grande valia.

Deixo um carinho.

lua.
=)

Felídeo disse...

Olá _lua_!
Obrigado pelas suas palavras e bem-vinda também ao meu canto.

Um carinho também para você

Anatomista Sensorial disse...

É sempre bom presenciar palavras tão lúcidas como as suas, além de ter a oportunidade de conhecer pontos de vista e aprender sempre.

Meus cumprimentos.

Felídeo disse...

Anatomista Sensorial,
Com palavras cruzadas aprendemos todos. E eu com as suas de uma destreza deliciosa.

Cumprimentos para si também.

Seguidores

Pesquisar neste blogue

A minha foto
Sociais embora solitários, meigos e não piegas e, agressivos quando ameaçados. É este equilibrio que me fascina nos felídeos. Zoológicamente são a minha identificação. Considero os afectos humanos muito intrinsecados com a escolha do animal preferido...

Acha o seu género mais privilegiado que o oposto?

Relativamente ao sexo, para si, qual o primeiro sentido? (as opções encontram-se por ordem alfabética)

Como prefere a pessoa do sexo oposto?

Acha que todo o ser humano é potencial homossexual?