Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O homem que não pensou



Era uma vez um homem que queria uma mulher. Então, ele pensou em procurar; procurou, procurou, procurou, mas nunca encontrou. Triste, pensou: "e agora, como vou eu fazer sem mulher?" foi à lavandaria e, pensou que encontrou. Insatisfeito, pensou: "a lavadeira lava, mas não me dá como aquela primeira que eu queria que lavasse!". Então, um dia ele sorriu, abraçou e partilhou sem procurar, encontrou.

2 comentários:

Lollis Riviera disse...

Meu doce e encantador Senhor...
Passando para dizer um "olá".
Beijos, Lollis...

Felídeo disse...

É sempre bem-vinda, Lollis!
Beijos

Seguidores

Pesquisar neste blogue

A minha foto
Sociais embora solitários, meigos e não piegas e, agressivos quando ameaçados. É este equilibrio que me fascina nos felídeos. Zoológicamente são a minha identificação. Considero os afectos humanos muito intrinsecados com a escolha do animal preferido...

Acha o seu género mais privilegiado que o oposto?

Relativamente ao sexo, para si, qual o primeiro sentido? (as opções encontram-se por ordem alfabética)

Como prefere a pessoa do sexo oposto?

Acha que todo o ser humano é potencial homossexual?