Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

"Te quiero puta" ou "Te quiero, puta"?

Como eu interpreto a musica do post anterior, "Te quiero puta": tal como está escrito o título! Eventualmente, muitos interpretarão "Te quiero, puta".

Os poemas, quando não evidentes ou mensagens múltiplas, têm a particularidade de nos fazer aflorar aquilo que mais espreita dentro da nossa alma.

Não é preciso ser anjinho para que tenhamos boa índole ou seja, à partida vermos as coisas pelo lado positivo e simpático. Basta respeitarmo-nos a nós próprios e, consequentemente, respeitamos os outros. Por contágio, somos respeitados.

Este poema visto na perspectiva de "Te quero puta", quase que garanto, a maioria das mulheres iriam gostar que um homem, a quem elas se entregassem, lhes dissessem estas palavras. No sentido "Te quero, puta", muito poucas.

2 comentários:

menina fê disse...

eu aceito as duas versões! rsrsrsrs


bjs meus, querido

Felídeo disse...

rsrs, uma a seguir à outra...

beijos minina

Seguidores

Pesquisar neste blogue

A minha foto
Sociais embora solitários, meigos e não piegas e, agressivos quando ameaçados. É este equilibrio que me fascina nos felídeos. Zoológicamente são a minha identificação. Considero os afectos humanos muito intrinsecados com a escolha do animal preferido...

Acha o seu género mais privilegiado que o oposto?

Relativamente ao sexo, para si, qual o primeiro sentido? (as opções encontram-se por ordem alfabética)

Como prefere a pessoa do sexo oposto?

Acha que todo o ser humano é potencial homossexual?